9 de outubro de 2010

Mês do Meio Ambiente?

Afinal junho é o mês do Meio Ambiente. O calendário marca uma data e muitos resolvem fazer sua parte como uma contrapartida, feita apenas no mês de junho, ao participar de evento ou ações ecológicas. O mês do Meio Ambiente é todos os meses, todos os dias. Não peço para ninguém salvar as baleias ou separar a água do petróleo nos vazamentos de navios ou plataformas marítimas. Peço que pensem todos os dias o que cada um pode fazer para melhorar a vida do Planeta e dos outros seres que nele habitam. Peço para se dispor a abandonar certos confortos e hábitos destrutivos: o mínimo é separar o lixo, depois vem a redução de todos os consumos, principalmente da água, e por aí podem vir uma série de outras atitudes simples como andar menos de carro, utilizar sacolas retornáveis, desligar luzes ou aparelhos domésticos desnecessários, entre outras coisas. Fica aí a imagem do Rei Zildo Sólido, performance de 15 minutos, apresentada na 1ª Semana Interinstitucional do Meio Ambiente, no Ministério Público do RS. Este é mais um trabalho do Ato Espelhado Companhia Teatral sobre consciência ambiental, dirigido ao público adulto. No elenco e concepção estão os atores Cícero Neves e Patrícia Ragazzon, que contam com o belíssimo trabalho de construção do boneco do Rei Zildo, criado pela cenógrafa e figurinista Patrícia Preiss. Este Rei aparece quando a inconsequência passa dos limites e ele está de olhos bem abertos para levar ao seu mundo subterrâneo os homens que não se importam com a preservação do ambiente onde habitam. Cuidado com ele!

Nenhum comentário: