31 de outubro de 2011

Onde todos podem sonhar na rede porque poesia não tem parede!


Avenida Cores por Todo Lugar é o mais recente trabalho do Ato Espelhado Companhia Teatral. O grupo é formado por Cícero Neves e Patrícia Ragazzon, que em 2007 resolveram somar suas experiências e apostar em espetáculos e performances que tenham a figura do ator como centro do processo de criação.
Acreditando nesta proposta, Avenida Cores por Todo Lugar vem de um processo de quase um ano, onde os atores buscaram nos livros de Hermes Bernardi Jr. Alguma coisa se encaixa? e Dez Casas e um Poste que Pedro fez, a poesia, o sonho e a brincadeira que pretendiam colocar em cena.
A partir de improvisações iniciais que desenvolveram os personagens do espetáculo, o grupo propôs um Laboratório de Experimentação, onde convidou alguns atores para participarem. O Laboratório foi tão rico e produtivo que dele saiu quase toda a equipe do espetáculo, sendo todos atores de profissão, mas desenvolvendo diferentes papéis nesta construção cênica. Por não haver financiamentos, todos fazem praticamente tudo, desde a confecção dos cenários e adereços até a própria produção.
Avenida Cores por Todo Lugar é dirigida por Cícero Neves e Patrícia Ragazzon, que também estão no elenco junto com Mariana Rosa. A direção de atores é feita pela atriz e palhaça Patrícia Sacchet. A trilha sonora é do músico e também palhaço Mauro Bruzza. A cenografia e figurinos são feitos pelo grupo sob a orientação Patrícia Preiss. A produção conta com o ator e produtor Rodrigo Marquez, parceiro do grupo no Coletivo 3 em 1, que nasceu este ano dentro do Assentamento Cultural do TEPA.
Avenida Cores por Todo Lugar propõe um sonho, uma poesia em forma de teatro, onde o mais importante são os acontecimentos, as mudanças com suas adaptações e a maneira como nos relacionamos com aqueles que amamos. A “avenida” é um espetáculo para todas as idades. Seus personagens são seres diferentes, inspirados no boi da cara preta, no vento que brinca com o chapéu, em gente que em vez de ter cabelo na cabeça tem flor pra todo lado.
Por sermos todos diferentes, somos tão iguais e a Avenida Cores é uma criação coletiva feita de idéias, diferenças e experiências. A direção deste espetáculo envolve a afetividade e o vínculo entre atores e equipe, e esta soma é a nossa forma de ver a construção teatral. Todos colaboram com o melhor que sabem fazer.
Foto: Luciane Pires

Avenida Cores por Todo Lugar não tem uma história. Tem várias. Tantas quantas a imaginação de cada um pode permitir. É uma celebração à amizade, à alegria e à delicadeza. É um convite a deixar de lado a compreensão da realidade prática e estar disposto a sonhar.

8 de agosto de 2011

A Noite do AtorDoado - O Retorno!


Mais uma vez,
o Coletivo 3 em 1 é formado pelos atores Cícero Neves, Patrícia Ragazzon e Rodrigo Marquez, que unidos no Assentamento Cultural do TEPA criaram uma Noite para se encontrar, beber e improvisar o final de 3 histórias num momento de entrega e Doação do Ator... do Ator...doado!



16 de junho de 2011

Laboratório - Finalização

Foi curtinho, talvez rápido demais para se ter aprofundamento, mas com o tempo suficiente para podermos ter uma visão mais clara do que será o nosso próximo espetáculo. Além de um trabalho voltado para crianças, queremos fazer um teatro para todas as faixas etárias, aprofundando a poesia, a brincadeira, o jogo do ator com objetos, com outros atores, com o espaço vazio ou preenchido.



Agradecemos de coração a todas as colaborações, ao TEPA e ao peito aberto de apostarem junto com a gente nesta empreitada que está apenas começando. Agradeço às imagens, às situações engraçadas, à troca, ao descobrir um pouquinho mais sobre o trabalho do ator e sobre processos de criação. Agradeço por ver povoada uma futura avenida que ainda é sonho, mas tem o vislumbre de uma realidade. Agradecemos ao Hermes pelas idéias que deram o primeiro pontapé, "aos laboratorianos" Rodrigo, Mari e Amanda pela coragem e disposição, à Pati que ainda nos acompanhará mais de perto e certamente vai ter mais coisas a agradecer e ao Paulo pela indicação da Mari.

29 de março de 2011

Do Outro Lado do Buraco


Do Outro Lado do Buraco já conquistou mais de 20 mil espectadores pela capital e interior do Rio Grande do Sul nos seus sete anos de atividade. A linguagem acessível e a temática ambiental atingem diretamente a atenção das crianças e estimula a prática da separação e do lixo, divertindo toda a família. 

A história acontece quando Arabela cai Do Outro Lado do Buraco e descobre um mundo onde todo o lixo é reciclado. Os surpreendentes personagens que habitam este universo levam a menina a uma jornada de entendimento e valorização do tratamento adequado do lixo, deixando que o espectador tire suas próprias conclusões a respeito da preservação do meio ambiente.


São 45 minutos em que os atores Cícero Neves e Patrícia Ragazzon jogam com as crianças da platéia com seus personagens, seus coloridos figurinos e variados elementos cênicos feitos de materiais reaproveitados, além de canções executadas ao vivo. 

Livre para todos os públicos.
Faixa Etária recomendada: A partir dos 03 anos de idade.
Adaptável aos mais variados espaços.

OBS: Com plateia superior a 400 espectadores ou local com dificuldades acústicas é necessário dois microfones (head set) e amplificador para violão.